segunda-feira, 30 de abril de 2012

Passos Caninos... nova imagem


Caros amigos,
A partir de hoje já temos o nosso logótipo definitivo e passaremos a chamar-nos apenas Passos Caninos.
É uma mudança de visual que esperemos que seja do vosso agrado e quero agradecer publicamente ao meu amigo Luís Azevedo pela preciosa ajuda.

Saudações caninas,

André Moreiras
Passos Caninos

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Conversas Caninas com Vera Bandarra da Pipinha & Companhia

É com grande orgulho que apresento esta entrevista!

A Vera Bandarra além de uma excelente amiga, é minha colega do Centro Canino de Vale de Lobos do responsável técnico Sílvio Pereira e também é colaboradora na Revista trimestral Cães e Lobos, que já anunciei no blog.

A forma apaixonada pelos cães que a Vera vive é única e intensa, pois para além de recolher animais abandonados de forma a dar uma vida digna aos que vivem na rua considerando a sua posterior adopção, ainda se dedica à criação da raça RETRIEVER DO LABRADOR, com o Afixo "Terras d'Moga" (sendo a Sócia do CPC n.º 1680). 

A Vera é conhecida ainda pela Pipinha & Companhia, que além de servir para mostrar os seus magníficos exemplares de criação, é uma loja online, e pratica ainda outros serviços, como Pet-Sitting, Dog Walking e Alojamento familiar (Hotel Canino) na zona centro do País, nomeadamente, nos concelhos da Mealhada, Anadia e Oliveira do Bairro.

Como amigo e colega, a Passos Caninos faz questão de ter um link directo da Pipinha & Companhia no blog (no lado direito), ao que aconselho uma visualização mais detalhada pois todos os conteúdos são extremamente bonitos e interessantes.

Mas falemos da raça em concreto, como surgiu o Retriever do Labrador?

O Labrador retriever é uma raça de origem desconhecida cujo local de reconhecimento como raça foi dado à Grã-Bretanha. Considerada a raça mais popular no Reino Unido e na América do Norte, este canídeo terá chegado a Newfoundland, no Canadá, levado ou pelos portugueses ou pelos bascos, ou ainda pelos exploradores escandinavos. 
Lá desenvolveu-se sob o nome de pequeno cão de st. jonh.
Levados à Inglaterra, foram vendidos aos ricos proprietários de terras, tendo então o seu nome sido modificado para labrador, graças ao conde de Malmesbury, o primeiro a chamá-lo desta forma. Esta raça, em 1950, ainda era usada como trabalhador rural, quando passou a ser considerada excelente para companhia, graças à sua personalidade juvenil, à sua tolerância e à sua necessidade de brincar. Em tempos mais modernos, passou ainda a ser utilizada como raça de busca e salvamento em montanhas, e como guia de cegos, além de ser uma das mais utilizadas em terapias.
Fisicamente pode atingir os 62 cm e pesar 36 kg. A sua pelagem é grossa e impermeável, e a sua cauda ajuda-o a nadar. Variando entre as cores amarela e chocolate, há relatos de que os exemplares de cor mais escura tendem a ser mais amáveis. (Fonte: Wikipédia)


E o que nos diz a Vera Bandarra da Pipinha & Companhia acerca desta raça mais em concreto?

Passos CaninosPorque é que escolheu esta raça? Como é que conheceu esta raça?

Pipinha & Companhia: Escolhemos esta raça, pela sua inteligência e temperamento extremamente dócil. Consideramos que é um animal de família por excelência, um verdadeiro amigo sempre presente, que troca qualquer actividade pela presença e atenção do dono.
Conhecemos esta raça através de uma pesquisa exaustiva, uma vez que queriamos escolher uma raça que nos deixasse tranquilos e seguros uma vez que temos três crianças de pouca idade. Queriamos um cão dócil que adorasse crianças, mas também que tivesse paciência para as brincadeiras destas, sem se chatear ou reagir de forma agressiva.


Passos Caninos Quais as principais características da raça? Como define o seu temperamento, personalidade e comportamento social com outros cães e pessoas?

Pipinha & Companhia: Os animais desta raça são extremamente dóceis, pacientes, muito inteligentes e sempre prontos para aprender e agradar. Convivem na perfeição com todos os nossos animais de estimação. Nós temos muitos animais, temos 11 gatos, 3 cabritas anãs, 8 tartarugas algumas das quais com 20 anos estando todos em contacto sem o mínimo problema. Com as outras pessoas comportam-se da mesma maneira, sendo mesmo aplicável a expressão “o Labrador é o melhor amigo do ladrão”, uma vez que é sempre simpático e recebe muito bem os estranhos.


Passos CaninosQuais as virtudes e defeitos desta raça?

Pipinha & Companhia: Depois do já descrito, na minha opinião a sua maior virtude é a dedicação incondicional ao dono. O seu maior defeito é o apetite desmedido, e não conseguimos referir outro .


Passos CaninosÉ um cão fácil de adestrar/treinar?

Pipinha & Companhia: Muito fácil, uma vez que adora aprender e fica feliz quando consegue finalizar uma tarefa.


Passos CaninosQual o nível de energia do seu cão?

Pipinha & Companhia: É um animal que precisa de pelo menos um passeio por dia de 45 minutos. Não é muito activo na idade adulta. Mas o passeio é importante para se exercitar, conviver com outros animais e claro para não desenvolver fobias resultantes de uma má socialização.


Passos CaninosÉ um cão que se adequa a apartamento? Ou apenas deverá viver num espaço exterior?

Pipinha & Companhia: É um cão que se adequa a qualquer tipo de habitação porque para esta raça, voltamos a referir, o importante é passar todo o seu tempo junto ao seu dono. Fica muito aborrecido se fica muitas horas sozinho, e quando o dono chega a casa só quer atenção.


Passos CaninosCuidados especiais com esta raça?

Pipinha & Companhia: Nenhuns cuidados especiais. Tem um pêlo que se adequa a todos os climas, mas sendo um cão de grande porte, pode ter problemas relativamente à displasia da anca e do cotovelo (doença genética). É muito importante na altura da adopção ou compra de um cachorro, escolher um bom criador que respeite o bem estar do animais, e que faça aos seus cães os exames relativos às doenças genéticas para que os filhotes nasçam saudáveis e possam viver muitos anos.


Passos CaninosTem mão firme no cão ou acaba por ceder a algum capricho ou exigência?

Pipinha & Companhia: Temos mão firme quando é necessário, mas confesso que nem sempre fazemos o que deveria ser feito, uma vez que adoramos brincar com eles e como são extremamente dóceis, acabamos por deixar que abusem um pouco.


Passos CaninosQual o episódio mais curioso e divertido com o seu cão?

Pipinha & Companhia: Com esta raça é fácil acontecerem episódios para recordar. Desde desaparecerem os meus carregadores de telemóveis, andar a correr atrás deles porque estou a trabalhar e eles roubam-me papéis ou facturas importantes. Todos os dias acontecem coisas divertidas por serem tão crianças e imaturos nas brincadeiras.


Passos CaninosO cão é feito à imagem e semelhança do seu dono. Como descreve o seu relacionamento com o seu cão?

Pipinha & Companhia: Os nossos cães não são apenas cães, são membros da família. Temos uma relação muito próxima, e o nosso relacionamento é maravilhoso pq estes cães vivem para agradar aos donos. A nossa dedicação é total e claro que eles retribuem a dobrar toda a atenção que recebem.

Agradecimentos:
Muito Obrigado Vera pela sua boa vontade e simpatia.

Desejo tudo de bom para si e para o seu negócio e da minha parte terá sempre o apoio do meu blog como meio de divulgar a Pipinha & Companhia em todo o Portugal e arredores ;)

 Saudações caninas,

André Moreiras
Passos Caninos

terça-feira, 24 de abril de 2012

"Fome de Lobo"

O seu cão tem um apetite insaciável? 

Esta característica deve-se à herança genética dos seus antepassados, os Lobos. 
Os lobos, passam os dias a viajar, horas seguidas em busca de água e comida. Assim que caçam a sua presa o líder da alcateia (macho alfa) tem direito à maior porção e o restante é partilhado por toda a alcateia. Os lobos comem até não restar nada, porque não sabem quando voltam a encontrar alimento. 
Aquilo que comeram hoje pode ter de os manter por muito tempo. Os lobos não comem apenas quando têm fome, comem sempre que houver comida disponível. Os seus organismos estão adaptados a armazenar nutrientes. Esta é a origem do apetite aparentemente insaciável dos cães.

Dizem também os provérbios portugueses muita sabedoria em relação aos Lobos... As expressões... "A fome faz sair o lobo do covil", ou "a fome do lobo leva-o aos montes" indicam esse mesmo comportamento dos lobos... a necessidade de caçar para se alimentarem, de forma a garantir a sobrevivência da sua alcateia.

sábado, 21 de abril de 2012

Conversas Caninas com Gustavo Santos

A Passos Caninos, iniciou um ciclo de entrevistas aos seus amigos que possuem cães de raça para conhecermos melhor a ligação entre os donos e os seus cães de raça.

O nosso amigo Gustavo Santos, conhecido escritor, apresentador de televisão ("Querido, Mudei a Casa" na SIC Mulher), "Life coach" e que lançou esta semana o seu livro "Arrisca-te a viver", embora com uma agenda muito cheia teve a gentileza de nos responder a algumas questões acerca do seu lindo Weimaraner chamado "Sôtor".

Os Weimaraner são conhecidos cães de caça oriundos da Alemanha, e a origem do seu nome vem do desportista grão-duque de Weimar. Estes canídeos foram criados para realizarem diversas modalidades de caça, entre elas a desportiva e a de animais de grande porte. A sua personalidade é conhecida como teimosa sendo por isso indicado para donos mais experientes. É inteligente e dócil, e fisicamente podem atingir os 69 cm e pesar 39Kg. A sua pelagem varia entre a curta e a longa e apresenta-se em tons de cinza-rato e cinza-prateado. 



Mas vejamos o que nos diz Gustavo Santos na nossa entrevista acerca do "Sôtor".

Passos CaninosPorque é que escolheu esta raça? Como é que conheceu esta raça?

Gustavo Santos - É a minha raça favorita. Lembro-me de, em adolescente, já admirar a nobreza e a simpatia destes cães.


Passos CaninosQuais as principais características da raça? Como define o seu temperamento, personalidade e comportamento social com outros cães e pessoas?

Gustavo Santos - Muito sociável, adora interagir com pessoas e outros animais ( menos gatos - neste caso gosta de os engolir ), é um animal cheio de classe, bom porte, atlético e vistoso. Um verdadeiro companheiro para o exercício físico. Na rua é explosivo, em casa é um doce.


Passos CaninosQuais as virtudes e defeitos desta raça?

Gustavo Santos - Honestamente não reconheço defeitos no meu cão em específico, ainda que já tenha estado com outros Weimaraner e o comportamento desses cães ser completamente diferente do meu cão. A maior virtude, como em qualquer outro cão, é o Ser Incondicional.


Passos CaninosÉ um cão fácil de adestrar/treinar?

Gustavo Santos - Sim, apesar da personalidade de líder e das características de caçador. É fundamental que o homem domine o ambiente e se assim for ele sentirá a energia e aceita o seu lugar.


Passos CaninosQual o nível de energia do seu cão?

Gustavo Santos - De 0 a 10? 10!! É apaixonante vê-lo a brincar sem parar e a correr como se o mundo acabasse amanhã.


Passos Caninos É um cão que se adequa a apartamento? Ou apenas deverá viver num espaço exterior?

Gustavo Santos - Um cão adequa-se a qualquer lugar. O meu vive em apartamento, passa horas sozinho e não há nada destruído. Naturalmente, necessita ser exercitado o mais possível para não criar estados de frustração.


Passos CaninosCuidados especiais com esta raça?
 
Gustavo Santos - Otites e, no meu caso específico, estômago.


Passos CaninosTem mão firme no cão ou acaba por ceder a algum capricho ou exigência?

Gustavo Santos - Mão firme inicialmente para ele perceber que eu sou o líder da matilha. Uma vez aceite essa energia, deixá-lo esticar a corda umas vezes. Nada de fundamentalismos! 


Passos CaninosQual o episódio mais curioso e divertido com o seu cão?

Gustavo Santos - Todos os dias brincamos às escondidas. Eu perco sempre, porque ele descobre-me sempre, esteja eu onde estiver. Correr lado a lado é igualmente algo de "irmãos".


Passos Caninos – O cão é feito à imagem e semelhança do seu dono. Como descreve o seu relacionamento com o seu cão?

Gustavo Santos - O cão é adaptado aos conceitos dos donos, ainda assim, é fundamental manter as características originais da espécie. Uma relação de Amor.



Agradecimentos:
Muito Obrigado Gustavo pelo seu contributo.. desejo muito e bom sucesso para o novo livro e espero ter o meu autógrafo em breve!

Saudações caninas e tudo de bom para si e para o Sôtor!

André Moreiras
Passos Caninos


Referências: 
Para quem ainda não conhece, o novo livro do Gustavo Santos é o "Arrisca-te a Viver" e já está à venda nas livrarias. (http://queridomudeiacasa.blogspot.pt/2012/04/arrisca-te-viver.html)
 

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Já saiu o n.º 2 da revista Cães & Lobos!

Já saiu a revista Cães & Lobos n.º 2, correspondente ao 2º trimestre de 2012, uma iniciativa do Centro Canino de Vale de Lobos, coordenada por Sílvio Pereira, com a participação da Passos Caninos e dos nossos amigos da Pipinha&Companhia.
(seguir este LINK para ter acesso a todos os conteúdos... Revista Cães & Lobos n.º 2)

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Conversas caninas com André Moreiras


Hoje é o dia de eu falar nos meus patudos... tive a honra de criar desde bébés em casa dos meus pais dois belos cães com personalidades completamente distintas...

Do lado esquerdo desta foto tirada já há uns bons anos em cima da minha cama.. hehehe... temos o Horus, um Samoyedo puro nascido a 29 de Dezembro de 2003 e do lado direito o Pulguinha, nascido a 15 de Junho de 2002.

O Horus é o companheiro ideal para as crianças, brinca muito e nunca é agressivo para as pessoas. Os samoyedos são conhecidos pelo cão que está sempre a sorrir, são extremamente carinhosos, fiéis, e são cães que apreciam a companhia dos donos. Tem porém o grande inconveniente de ser um "Zé peludo", e a escovagem é extremamente necessária, caso contrário, temos o inconveniente de ter tufos de pêlo branco agarrado à nossa roupa, e de igual modo, emitem uns ganidos e ladridos de tom agudo que se pode tornar aborrecido e inconveniente por vezes... eventualmente uns uivos também poderão acontecer.
Cão de guarda? Nunca na vida! O Samoyedo é amigo de todas as pessoas, ou no caso deste Horus em concreto, como é medroso não dá confiança e foge, só quando se ambienta com as pessoas é que se torna amigo. Mas nem todos os Samoyedos são iguais, este embora apresente um nível de energia baixo e com personalidade submissa, eu já tive outro com um nível de energia elevado e dominante.
É um cão que se exige paciência e muitas repetições no adestramento, pois distrai-se facilmente e aprende menos rápido que os outros cães.

O Pulguinha é um arraçado de Pincher, muito teimoso, sempre alerta e com a alcunha dada por mim de "defensor dos fracos e dos oprimidos", ou seja, o Pulguinha não tolera confusões dentro de casa, ele quer impôr a ordem! É extremamente dominante, ciumento e só um dono com muito pulso é que consegue dominá-lo... tentativas de agressão a quem quer que seja dentro de casa ou beijinhos inesperados aos donos são severamente punidos com grunhidos (rosnadelas), ladridos de domínio e também com agressividade à mistura, mordiscando os pés por norma.
É um cão que desde bébé sempre foi diferente, roeu muito pouco e não gosta de brincadeiras. Sempre que brincamos com uma bola, vem a correr atrás, rosna e quer parar com a brincadeira.
Como um cão dominante, tem sempre um nível de energia excitado/emocional muito elevado, quer sempre ser o primeiro a receber guloseimas e carinhos e impõe a ordem ao Horus em todas as situações com grunhidos e ladridos de domínio para que ele nunca se esqueça disso.
O Pulguinha é também um cão ágil, veloz (ainda que seja um cão sénior e já com algumas artroses) ideal para guarda pois dá conta de qualquer ruído, amigo, muito fiel e carente dos seus donos e acima de tudo extremamente inteligente. Não há nada que o Pulguinha não entenda ao fim de algumas repetições e no adestramento canino tem-se revelado um verdadeiro mestre, mesmo com 9 anos e 10 meses de idade.

Ambos se dão bem quer dentro de casa, quer fora de casa... é apenas uma questão de educar os cães... quando estão dentro de casa têm de se manter sossegados e ao nosso lado... eu recorro ao reforço positivo como forma de os educar continuamente e funciona porque eles são mesmo muito gulosos!

Fica aqui uma foto "à jogador da bola" e actual numa das sessões de adestramento que fiz com ambos.


Provavelmente pensarão, Deus me livre o rafeirito! Hehehehe
Mas os cães quando são nossos há tanto tempo são membros da família e aceitamos as qualidades e defeitos que eles possuem, o Amor por eles e o deles por nós é muito superior a qualquer defeito e é das melhores recompensas que podemos ter neste mundo.
Por outro lado, nem sempre o Horus é o bom da fita, derivado a serem dois machos são frequentes as lutas por domínio em que "ambos" se atacam sem motivo aparente. Dessas lutas, ao separá-los já fui mordido por ambos, e a última "dentadinha" foi dada pelo próprio Horus na passada sexta-feira 13 na minha mão direita.
Como castigo, vamos os 3 às vacinas esta semana para ninguém se ficar a rir! ;)

Fica por falar a chegada da minha cadelinha bébé e de raça Schnauzer miniatura (a Blanca) que está marcada para breve e que será uma aventura a acompanhar neste blog.


Espero que tenham gostado desta conversa canina.

Saudações caninas,

André Moreiras
Passos Caninos

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Lucy, a Golden Retriever que salva a sua cria que caiu na piscina

Este é um vídeo que tem bastante sucesso no YouTube.
Quando uma das suas crias cai na piscina e está em dificuldades, Lucy, uma Golden Retriever lança-se à piscina sem pensar duas vezes e salva-a de morrer afogada.

Fiquei estupefacto pela coragem e determinação desta raça e faço justa homenagem aos meus amigos da Pipinha&Companhia, criadores de Retriever Labrador, pela sua grande paixão por estes cães em particular.


Saudações caninas,

André Moreiras
Passos Caninos


sábado, 7 de abril de 2012

Boa Páscoa! E cuidado com os cães


A Passos Caninos deseja a todos os seus amigos e seguidores uma  Boa Páscoa com muitos ovinhos de chocolate!

No entanto temos algumas advertências:
Nunca se esqueçam dos nossos amigos de 4 patas nesta época de feriados e férias pois eles também são membros da família.

E que o chocolate é venenoso para os cães uma vez que o chocolate tem na sua composição uma substância chamada Teobromina (encontrada no cacau), que são rapidamente absorvidas após ingestão oral e são estimulantes poderosos do sistema nervoso central e do coração. A Teobromina provoca um intenso aumento no trabalho muscular cardíaco associado à uma grande estimulação do cérebro, ocasionando arritmias cardíacas graves em cães. 
A concentração dessa substância no chocolate pode ser de 3 a 10 vezes maior do que na cafeína, por exemplo e a quantidade dela para intoxicar gravemente um cão é calculada em torno de 100 a 200 mg/kg. Porém, há relatos de sintomas de intoxicação, como vómitos e diarréia, com ingestão de apenas 20mg/kg; e também há relatos de sintomas de efeitos cardiotóxicos com ingestão de 40 a 50 mg/kg de chocolate. Há, ainda, relatos de efeitos drásticos com a ingestão não só de chocolate em barra, mas também de chocolate em pó dissolvido em leite e oferecido à cães, por isso, muito CUIDADO e esconda o chocolate dos seus cães!

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Porque razão os cães gostam de andar de carro com a cabeça de fora da janela?

 

UM PASSEIO DE CARRO! 
  
Cada vez que viajo com os meus cães, eles adoram ficar à janela para observar o que os rodeia e têm a tendência para pôr a cabeça de fora quando a janela está aberta. Inclusivamente, o meu primeiro Samoyedo, o Horus, além de por a cabeça de fora, ladrava muito alto cada vez que viajava e se lhe permitissem até pulava do carro em andamento tal não era o seu estado de excitação.
Também no famoso filme "Marley&Me" do autor John Grogan, vemos uma cena do Marley à janela do carro e a saltar do carro em andamento. 


Mas porque razão os cães têm este comportamento?
A maioria dos cães ficam loucos de excitação cada vez que andam de carro, em parte porque gostam de sair com o dono, mas principalmente  por causa dos cheiros. Eles são capazes de identificar milhares de odores a cada segundo. Se estiverem cinco carros à sua frente, o seu cão consegue captar todos os cheiros de cada um deles. Se passarem por uma quinta é capaz de cheirar cada animal que lá vive. 
Para os cães esta experiência é uma fonte de diversão, de prazer e de estímulo. 
Mas passear com a cabeça de fora da janela pode tornar-se bastante perigoso. Uma pedra ou qualquer outro detrito pode atingi-lo nos olhos e a deslocação de ar pode ser prejudicial às orelhas. Também corre o risco do cão se sentir atraído por algo e saltar do carro em movimento, tal como o famoso "Marley".
O ideal é abrir um pouco a janela, mas sem que o cão possa pôr a cabeça de fora.

Os cães são os nossos companheiros


terça-feira, 3 de abril de 2012

domingo, 1 de abril de 2012

Beyoncé, a cadelinha mais pequena do mundo!

Beyoncé, provavelmente a cadelinha mais pequena do mundo...

Quando nasceu, cabia numa colher de sopa e pesava 28 gramas. As pequenas dimensões de Beyoncé já fazem dela uma grande estrela, por se tratar, ao que tudo indica, da cadela mais pequena do mundo.

A curta história de Beyoncé, divulgada pelo The Sun e pelo ABC News, já faz eco na Califórnia e no mundo, depois de uma equipa de voluntários da Grace Fundation ter resgatado a mãe do animal, de raça dachshund.
A cadela nasceu no abrigo de animais Grace Foundation, no norte da Califórnia, depois da sua mãe, que estava grávida, ter sido abandonada e recolhida por funcionários do abrigo. Beyoncé foi a última cria a nascer e na altura não respirava. Depois de manobras de reanimação e respiração boca-a-boca por parte dos voluntários, estava ali uma nova vida.
A cadela recebeu o nome da cantora americana devido ao tema 'Survivor', do grupo pop Destiny’s Child, do qual Beyoncé fazia parte.
Mais pequena do que um iPhone, a pequena cadela faz as delícias dos fotógrafos. Agora, será enviado um pedido ao Guiness, para que a cadela seja certificada como a mais pequena do mundo.

Fonte: agência de noticias

MAIS FOTOS:


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...